Sínodo 2021 – 2023

Por uma Igreja sinodal – Comunhão, Participação, Missão

Síntese final, partilhas individuais e sínteses grupais

Partilhas individuais e sínteses grupais (numeradas de forma aleatória, redigidas durante a primeira fase do processo sinodal no âmbito do caminho realizado pela comunidade da Capela do Rato):

Objetivos

Questão fundamental

Dinâmicas

Participação de todos

Calendarização

Documentos e Links

Notícias

Sugestões de leitura

O Sínodo na Capela do Rato

A sinodalidade é uma forma de ser pela qual a Igreja vive a sua missão no mundo, que exige que todo o Povo de Deus esteja num caminho conjunto, com cada membro a desempenhar o seu papel crucial, unidos uns aos outros.

O objetivo deste Processo Sinodal é proporcionar uma oportunidade para todo o Povo de Deus discernir em conjunto como progredir no caminho para ser uma Igreja mais sinodal a longo prazo. Será um chamamento a renovar as nossas mentalidades e as nossas estruturas eclesiais, a fim de vivermos o chamamento que Deus faz à Igreja por entre os atuais sinais dos tempos.

O objetivo deste Sínodo e deste processo Sinodal é:

  • Escutar o que o Espírito Santo está a dizer à Igreja. Fazemo-lo escutando juntos a Palavra de Deus na Sagrada Escritura e na Tradição viva da Igreja e, depois, escutando-nos uns aos outros e especialmente aos que estão à margem, discernindo os sinais dos tempos.
  • Não é produzir mais documentos. Pelo contrário, destina-se a inspirar as pessoas a sonhar com a Igreja que somos chamados a ser.
  • Não é apenas fazer uma série de exercícios que começam e param, mas um caminho de crescimento autêntico rumo à comunhão e à missão que Deus chama a Igreja a viver no terceiro milénio.

 

Questão fundamental

Como se realiza hoje, a diferentes níveis (do local ao universal) aquele “caminhar juntos” que permite à Igreja anunciar o Evangelho, em conformidade com a missão que lhe foi confiada; e que passos o Espírito nos convida a dar para crescer como Igreja sinodal?

 

Dinâmicas da Capela do Rato

– Grupos de Oração e Reflexão Sinodal

  • Reativação dos Grupos já existentes da Fratelli Tutti e inclusão dos grupos de Reflexão da Comunidade de Sant’Egídio, MCE, Núcleo de Conversão Ecológica, pessoas em início de caminho e outros que se queiram formar;
  • Debate da questão fundamental + 2 núcleos temáticos à escolha (ver Documento preparatório, número 30) – os 2 núcleos temáticos escolhidos por cada grupo devem ser comunicados à equipa coordenadora até ao dia 25 de novembro de 2021
  • Reunião(ões) de partilha e debate com os resultados;
  • Envio dos contributos (em formato de síntese até 2 páginas) de cada grupo (até ao final de fevereiro de 2022);

– Assembleias Comunitárias de Reflexão Sinodal (Calendarização e documentos)

– 3 Conferências dedicadas à dinâmica sinodal 

– Encontro Comunitário de Convívio Sinodal

– Elaboração do documento síntese a enviar ao Patriarcado de Lisboa ( 2 páginas)

10 núcleos temáticos

Download aqui.

Assembleias Comunitárias

Calendarização e documentos

Conferências

Dinâmica Sinodal

Conferências

Como entrar em processo sinodal?

Cristina Inogês-Sanz

Caminho sinodal e discernimento comunitário

P. José Frazão Correia, SJ

A sinodalidade na vida da Igreja

Professor Doutor José Eduardo Borges de Pinho

Participação de todos

Todos somos chamados a participar ativamente neste processo sinodal. Pode deixar aqui o seu contributo para podermos integrar na nossa reflexão sinodal comunitária. Pode fazê-lo de forma anónima (os campos “nome” e “email”) não são de preenchimento obrigatório). O seu contributo será integrado e partilhado nas assembleias sinodais comunitárias. Desde já o nosso agradecimento pelo seu contributo. Se preferir poderá também enviar o seu contributo por email para sinodo@capeladorato.org

Calendarização

  • 25 outubro 2021 – Presença na Inauguração Diocesana do Sínodo
  • 10 novembro 2021 – Presença no Seminário de Orientação para a Equipa de coordenadores locais
  • 11 novembro 2021 – Webinar inaugural da Comunidade
  • 25 novembro 2021 – Comunicação à equipa coordenadora dos 2 núcleos temáticos escolhidos por cada grupo
  • 29 novembro 2021 – 21h30 – Conferência: A sinodalidade na vida da Igreja: interpelação espiritual, tarefa estrutural, estilo pastoral (Prof. Doutor José Eduardo Borges de Pinho) – ler texto e ver gravação da conferência
  • 5 dezembro 2021 – Encontro Comunitário de Convívio Sinodal (depois da Eucaristia)
  • 9 dezembro 2021 – 21h30 – Conferência: Caminho sinodal e discernimento comunitário. Como elaborar consensos e tomar decisões? ver gravação da conferência
  • 13 dezembro 2021 – 21h30 – Conferência: Como entrar em processo sinodal? (Cristina Inogés-Sanz) – ver gravação da conferência
  • 8 janeiro 2022 – 1ª Assembleia comunitária sinodal (Calendarização e Documentos
  • 12 fevereiro 2022 – 2ª Assembleia comunitária sinodal (14h30 – 17h30 | Zoom)
  • 25 fevereiro 2022 – Entrega da síntese dos grupos de reflexão e outros contributos (1 página A4, tipo de letra Times New Roman, tamanho 11, espaçamento 1,5) 
  • 14 março 2022 – Publicação online da síntese comunitária, para análise até ao dia 16 de março
  • 16 março 2022 – 3ª Assembleia comunitária sinodal – Aprovação do documento síntese da comunidade
  • 26 março 2022 – Entrega do documento síntese da comunidade à Diocese
  • 3 abril 2022 – Almoço Comunitário de Convívio Sinodal
  • 2022-2023 – Partilha com a comunidade dos resultados das várias fases do Sínodo e adaptação dos resultados à comunidade da Capela do Rato

Notícias do caminho sinodal na Capela do Rato

Eucaristia do IV Domingo da Quaresma presidida por D. Manuel Clemente

Eucaristia do IV Domingo da Quaresma presidida por D. Manuel Clemente

No próximo domingo, dia 27 de março, às 11.30h, a eucaristia do IV Domingo da Quaresma, celebrada na Capela do Rato, será presidida pelo Senhor D. Manuel Clemente. No final da celebração, a equipa de coordenação da consulta sinodal entregará ao Bispo da Diocese as conclusões a que se chegou, a partir da oração e reflexão dos grupos, da oração e partilha ao longo das três assembleias sinodais da Comunidade.

Sínodo 2021-2023 – Proposta de síntese final

Sínodo 2021-2023 – Proposta de síntese final

Já estão disponíveis os documentos provisórios que servirão de base para a síntese final da nossa reflexão sinodal comunitária, a ser discutida na 3ª assembleia sinodal comunitária, na próxima quarta-feira, dia 16.

A sinodalidade na vida da Igreja: Fundamentos e perspetivas

A sinodalidade na vida da Igreja: Fundamentos e perspetivas

No âmbito do atual processo sinodal e como contributo para a reflexão, o capelão da Capela do Rato e docente na Faculdade de Teologia da UCP, P. António Martins, publicou uma pequena reflexão eclesiológico-pastoral sobre os fundamentos teológicos e a prática da sinodalidade na vida da Igreja.

Discernimento Inaciano

Discernimento Inaciano

Pistas para o diálogo espiritual como método de discernimento dos grupos de oração e reflexão sinodal.

Segunda Assembleia Comunitária

Primeira Assembleia Comunitária

A nossa primeira Assembleia Comunitária acontece já no próximo dia 8 de janeiro de 2022. Consulte a agenda e o que é necessário preparar para este momento.

A sinodalidade na vida da Igreja – texto e vídeo

A sinodalidade na vida da Igreja – texto e vídeo

Já está disponível o texto e a gravação da 1ª conferência sobre o caminho sinodal, do Professor Doutor José Eduardo Borges de Pinho, «A sinodalidade na vida da Igreja: interpelação espiritual, tarefa estrutural, estilo pastoral».

Caminho sinodal – Ciclo de Conferências

Caminho sinodal – Ciclo de Conferências

Para ajudar a construir uma base de reflexão teológico-prática, a Comunidade da Capela do Rato propõe um ciclo de três debates, a acontecer no início do Advento.

Caminho sinodal – grupos de escuta, oração e partilha

Caminho sinodal – grupos de escuta, oração e partilha

Com enorme expectativa, desejando incluir um número alargado de pessoas, a todos convidamos para este percurso. Vamos ativar os grupos «Fratelli Tutti» para que, neles, possa acontecer um caminho de escuta sincera do que o Espírito diz a cada pessoa, em seu modo de ser Igreja e de viver o evangelho. Também o «núcleo de conversão ecológica» tem o seu contributo a dar, como o MCE e a Comunidade de Santo Egídio. E outros grupos de escuta, oração e partilha podem ser criados: basta que as pessoas o queiram e se organizem.

Síntese final da reflexão sinodal comunitária

O grande desafio da conversão comunitária

Neste dia em que na Diocese de Lisboa tem início o processo sinodal a que o Papa Francisco convoca toda a Igreja, podemos identificar na passagem do evangelho a conversão comunitária/sinodal a que cada comunidade cristã é chamada: cumprir-se como lugar de escuta do grito dos pobres, dos excluídos, dos feridos, de todos os pedintes; ser lugar onde é possível dizer, com verdade, o que se sente, o que se pensa, o que se espera; passar de força de bloqueio no acesso a Cristo a força facilitadora do encontro e da relação pessoal com o Senhor.

Para uma Igreja sinodal. Faz-se caminho a andar

Para uma Igreja sinodal. Faz-se caminho a andar

De outubro a março, somos chamados a concretizar um processo de escuta, de tomada de palavra, de discernimento pessoal e comunitário. Escutando os mais afastados, aqueles que não têm voz, os jovens, as mulheres, as periferias existenciais, os não crentes.