Curso dos Dias – 2021

Advento 2021

Advento 2021

A presente edição dos postais do Advento (2021) tem como ponto de partida versículos selecionados do evangelho de Lucas para cada domingo. As imagens que dão «a ver» os versículos do evangelho de Lucas, são da autoria da artista Lígia Rodrigues.

I Domingo do Advento – Ensemble S. Tomás de Aquino

I Domingo do Advento – Ensemble S. Tomás de Aquino

Amanhã, dia 28 de novembro, damos início a denso e expectante tempo do Advento. Na celebração da eucaristia, às 11.30h, na Capela do Rato, o canto litúrgico estará a cargo do Ensemble S. Tomás de Aquino, um coro composto por jovens músicos profissionais.

“O meu reino não é deste mundo”

“O meu reino não é deste mundo”

Pertence às entranhas do cristianismo ser instância crítica para com os poderes estabelecidos. Porque este «reino de sacerdotes», que somos todos nós, pertence a um «reino que não é deste mundo». A experiência cristã põe a política em crise, destrói os ídolos do poder, gera insubmissão.

Caminho sinodal – Ciclo de Conferências

Caminho sinodal – Ciclo de Conferências

Para ajudar a construir uma base de reflexão teológico-prática, a Comunidade da Capela do Rato propõe um ciclo de três debates, a acontecer no início do Advento.

Ensemble São Tomás de Aquino na Capela do Rato

Ensemble São Tomás de Aquino na Capela do Rato

No dia 28 de novembro, na celebração da eucaristia às 11.30h, o canto estará a cargo coro Ensemble S. Tomás de Aquino. Para este domingo, o Primeiro do Advento, este esemble composto por jovens músicos profissionais, por meio de um diálogo entre obras de Alfredo Teixeira e João Andrade Nunes, propõe uma escuta orante capaz de acender em todos a promessa da madrugada que anuncia a luz de Cristo.

O dom total

O dom total

O valor do seu dom, quantitativamente, foi insignificante. Mas nesse seu gesto insignificante, Jesus quer-nos revelar a grandeza dos pequenos gestos nos quais as pessoas se dão por inteiro. Aquela viúva é o exemplo do dom total. Deu «tudo o que possuía para viver». Literalmente: «toda a sua vida».

Caminho sinodal – grupos de escuta, oração e partilha

Caminho sinodal – grupos de escuta, oração e partilha

Com enorme expectativa, desejando incluir um número alargado de pessoas, a todos convidamos para este percurso. Vamos ativar os grupos «Fratelli Tutti» para que, neles, possa acontecer um caminho de escuta sincera do que o Espírito diz a cada pessoa, em seu modo de ser Igreja e de viver o evangelho. Também o «núcleo de conversão ecológica» tem o seu contributo a dar, como o MCE e a Comunidade de Santo Egídio. E outros grupos de escuta, oração e partilha podem ser criados: basta que as pessoas o queiram e se organizem.

O grande desafio da conversão comunitária

O grande desafio da conversão comunitária

Neste dia em que na Diocese de Lisboa tem início o processo sinodal a que o Papa Francisco convoca toda a Igreja, podemos identificar na passagem do evangelho a conversão comunitária/sinodal a que cada comunidade cristã é chamada: cumprir-se como lugar de escuta do grito dos pobres, dos excluídos, dos feridos, de todos os pedintes; ser lugar onde é possível dizer, com verdade, o que se sente, o que se pensa, o que se espera; passar de força de bloqueio no acesso a Cristo a força facilitadora do encontro e da relação pessoal com o Senhor.

A Eucaristia passo a passo

A Eucaristia passo a passo

Ao longo do presente ano pastoral vamos valorizar, na Comunidade da Capela do Rato, os diversos momentos e gestos da celebração da eucaristia. Com esta dinâmica esperamos ajudar a uma maior interiorização e participação. E também ajudar a refazer a vida comunitária. Publicam-se três pequenas reflexões introdutórias: a eucaristia como santificação do espaço e redenção do tempo; a comunidade local como sujeito da eucaristia, aspeto que está no centro da reforma conciliar.

Para uma Igreja sinodal. Faz-se caminho a andar

Para uma Igreja sinodal. Faz-se caminho a andar

De outubro a março, somos chamados a concretizar um processo de escuta, de tomada de palavra, de discernimento pessoal e comunitário. Escutando os mais afastados, aqueles que não têm voz, os jovens, as mulheres, as periferias existenciais, os não crentes.