ANTES DA MISSA

1.Pede-se aos fiéis que verifiquem se reúnem condições de saúde para presença física nas celebrações.

Não são candidatos à presença nas celebrações:

  • doentes pertencentes a grupos de elevado risco, de acordo com as orientações da DGS/OMS
  • doentes crónicos a nível respiratório ou cardíaco
  • pessoas com tosse e com febre
  • qualquer pessoa com suspeita de infeção, ou que tenha tido contacto com pessoas com infeção
  • pessoas que não consigam manter a máscara colocada durante 1 hora, ou que possam ter previsivelmente complicações pelo uso de máscara. Incluem-se menores de 7 anos

2. Em cada celebração só será possível acolher 40 pessoas. Para controle do número das presenças é necessário fazer inscrição prévia a partir da janela criada no site da Capela e disponibilizada após a celebração da eucaristia dominical. Para permitir a participação de um maior número de pessoas, pede-se que cada pessoa, ou família, faça a sua inscrição de quinze em quinze dias;

3. É obrigatório o uso de máscara durante toda a celebração (exceção para os escassos momentos da receção da Comunhão eucarística);

4. A entrada far-se-á pela porta norte, meia hora antes do início de cada celebração. Junto à porta de entrada haverá um dispensador de desinfetante para cada pessoa higienizar as mãos;

5. Meia hora antes e durante as celebrações as janelas e portas da Capela estarão abertas para circulação de ar. Pessoas suscetíveis a problemas respiratórios deverão abster-se de estar presentes. Recomenda-se que se traga um agasalho adicional, na eventualidade de fazer frio;

6. Pede-se que se restrinja, na medida do possível, o uso de anéis, alianças, pulseiras e outros adornos, de modo a facilitar uma adequada higienização das mãos;

7. Os Leitores previamente escalados (dois para cada celebração) deverão imprimir as respetivas leituras. Se lerem pelo lecionário, regressados aos respetivos lugares deverão higienizar as mãos. As leituras far-se-ão usando máscara.

 
NA ENTRADA DA CAPELA

9. À entrada da Capela estarão cartazes a explicar as normas e os gestos de higienização e distanciamento;

10. Na porta de entrada norte estarão 2 elementos da comunidade a garantir que a máscara estará colocada corretamente e a controlar a higienização das mãos. Ambos os elementos terão que ter máscara colocada. Um elemento direcionará cada pessoa (ou grupo familiar) para a(s) cadeira(s) atribuída(s);

11. Desde a entrada até ao lugar em que cada pessoa se senta, e depois para a saída, será feito um único percurso (one way). As entradas far-se-ão pela porta norte; ocupam-se primeiro os lugares mais perto da porta de saída (porta sul), e só depois os restantes segmentos, até à sala de entrada;

12. As pessoas do coro devem entrar antes da hora de abertura (pelas 10h30) sendo, também, as últimas a sair da Capela. Tanto a entrada como a saída do coro far-se-á de forma ordenada, com distanciamento, num único percurso (one way). As pessoas do coro devem cantar o mais afastado possível do balcão;

13. A zona do coro deve manter sempre as janelas abertas (pelo menos de um dos lados, que dá para o jardim interior);

14. Dada a elevada produção de gotículas durante o canto, é de recomendar o uso de máscara;

15. Antes de se iniciar as entradas, deve ser garantida a abertura de todas as janelas da Capela. A mesma pessoa que abre as janelas deve fechá-las.

 
DURANTE A CELEBRAÇÃO

16. Os mesmos dois elementos que supervisionaram a entrada mantêm a função de verificar se as regras são cumpridas ao longo da celebração. Não há deslocações de fiéis durante a celebração;

17. Se houver alguma indisposição durante a celebração, estes mesmos dois elementos deverão fazer o acompanhamento da pessoa respetiva para fora do espaço celebrativo, e dar a orientação adequada (deve ficar uma cadeira na sacristia, para alguma emergência);

18. Haverá junto ao ambão do lado esquerdo dois lugares destinados aos leitores;

19. Os Leitores levarão preferencialmente cópias impressas pelos próprios. Se lerem através do lecionário, deverão desinfetar as mãos depois de usarem o livro. Se tocarem no microfone deverão também (já no seu lugar) desinfetar as mãos;

20. Os cânticos serão disponibilizados online, para quem desejar os imprimir. Não haverá distribuição de folha de cânticos;

21. A coleta será feita no final, à saída da Capela, pelos mesmo dois elementos que conduziram a entrada (aviso a ser efetuado no momento do ofertório, durante a celebração);

22. Não haverá gesto da paz;

23. A distribuição da Comunhão será efetuada como sempre na Capela, sem deslocações do lugar; serão os Ministros a passar junto das pessoas, com áreas bem definidas previamente;

24. Após receberem a Comunhão, os ministros colocam a respetiva máscara, fazem a higienização das mãos e recebem do sacerdote a patena com as hóstias para distribuir. A higienização das mãos será feita com gel colocado na mesa de apoio do lado esquerdo do altar;

25. O diálogo individual da Comunhão («Corpo de Cristo». – «Amen.») pronunciar-se-á de forma coletiva depois da resposta «Senhor, eu não sou digno…»;

26. A distribuição da Comunhão far-se-á em completo silêncio, de modo a evitar produção de gotículas;

28. Só após o ministro da Comunhão ter passado ao fiel seguinte se faz a ingestão da hóstia, retirando muito momentaneamente a máscara e tocando nela o mínimo possível. Cada pessoa antes de retirar e recolocar a máscara, para comungar, fará a higienização das mãos com o pequeno frasco de gel de tem consigo.

 
DEPOIS DA CELEBRAÇÃO

29. Os mesmo dois elementos que, inicialmente, orientaram as entradas, orientam também as saídas;

30. À saída da Capela, estarão duas pessoas com bolsas para recolherem as dádivas do ofertório;

31. A saída deve ser ordenada, aguardando que os mais próximos da porta saiam primeiro;

32. As saídas devem ser em silêncio, com distanciamento, e sem bloquear a porta de saída;

33. O coro deve sair em último lugar, depois do espaço da Capela estar vazio;

34. Após celebração (sobretudo na celebração de sábado) deve ser higienizada toda a zona comum (cadeiras, microfone, objetos em que houve manuseamento…) e abertura de portas durante 30 mins-1 hora, em corrente, com supervisão das portas.

Por motivos de higiene, a casa de banho permanecerá fechada durante as celebrações.

PAUSA ESTIVAL

A Capela encontra-se em pausa estival, reabrindo a 13 de setembro.

You have Successfully Subscribed!